Páginas

Caso Antônio N.Tasca (parte.3)


Passado quase 25 anos desde o fato ocorrido com o Sr. ANTÔNIO N.TASCA, o Locutor de Rádio e Diagramador, Ivo Hugo Dohl, no final de 2006 foi até Ronda Alta/RS cidade Natal do Sr. Tasca, para fazer uma entrevista com ele. Nesta entrevista o Sr Tasca conta bastante de sua vida em relação a ufologia e aos fatos decorrente ao incidente acontecido com ele mesmo, a entrevista serviu também para complementar o que viria a ser produzido em 2007. Ivo é locutor da Rádio Princesa e Diagramador do Jornal Gazeta Regional na cidade de Xanxerê/SC. Já em 2007 é dada a notícia do lançamento da 2ª edição do livro: “Um Homem Marcado Por ET’s”, obra essa que o senhor Antônio Tasca já havia publicado em 1999, mas por pedidos resolveu refazer a edição, completando e adicionando informações. Com a nova idéia de publicação, Antônio estava animado, até que na metade do deste mesmo ano, Antônio foi vítima de um grave acidente de carro, o que lhe deixou em estado de coma. Nas últimas semanas apresentou uma recuperação muito boa e o mais breve possível deve estar indo para sua casa em Ronda Alta.


Na Quarta e última parte do Caso Antônio Tasca, veremos uma entrevista feita pelo nosso amigo Ivo ao Senhor Tasca. Será uma entrevista reveladora!! Aguardem o Especial Antônio Tasca Parte 4 - Final!


Caso Antônio N.Tasca (parte.2)

Após consumado a relação sexual, Cabalá transmitiu para Nelso Tasca uma mensagem e pediu para que ele divulgue para todas as pessoas do mundo. Cabalá também informou para Nelso Tasca que nasceriam dois filhos daquela união e que eles receberiam o nome de Mada e Madana. Logo em seguida, Cabalá se retirou da sala deixando Nelso Tasca sozinho. Abaixo temos a Mensagem que Cabalá deixo para nós, seres humanos. Isso servirá muito como reflexão para o que estamos fazendo e o que virá pela frente......

A MENSAGEM DE CABALÁ

É preciso que sejam imediatamente desativadas as armas de guerra capazes de acabar com qualquer espécie de vida aqui existente. Além de toda a sua apavorante e mortífera devastação, uma guerra nuclear total colocará a Terra fora de sua rota celeste e causarão graves distúrbios à vida de mundos vizinhos, alguns em dimensões que o homem terrestre ainda desconhece. É preciso que sejam abolidas as dominações políticas, econômicas e financeiras de nações sobre nações. “O imperialismo contraria o direito de igualdade dos povos e se constitui numa nova e solerte modalidade de escravidão”.

"É preciso que sejam preservadas a essência da vida humana e as suas funções naturais de reprodução. Em estrelas próximas e noutras inatingíveis ao homem atual, a vida surgiu do sopro Eterno-Espírito-Criador de todas as coisas: Deus, a razão pela qual não deve ser objeto de experiências imponderáveis, porque estas terminarão em desastre genético irreversível. É preciso que, dentro do mais rigoroso critério de justiça e moral, com vistas para a solução dos problemas sociais resultantes da proliferação humana desordenada, seja instituído órgãos que, por vias científicas naturais, planejem e executem programas de controle populacional e de melhoramento biológico do homem".

"É preciso que o homem conquiste outros mundos do Universo e ali encontre lugares adequados para as suas futuras emigrações e novas fontes de energia e subsistências. Mas antes devem conquistar o seu próprio mundo, desvendando-lhe os enigmas que ainda existem na terra, no mar e no ar; conservando-lhe os elementos naturais de vital importância, defendendo-se da sutil pirataria do exterior e curando-lhe as imperfeições humanas do corpo, da mente e do espírito".

"É preciso que, atendidas estas exortações, a Humanidade esteja preparada para o período de extraordinários acontecimentos de que a Terra será palco, dentro de pouco tempo. Os grandes eventos serão prenunciados por estranhas manifestações telúricas e sinais celestes de magnífico esplendor e inquietante beleza. Mestres da Suma Sabedoria tornarão a vir a Terra, renovarão ensinamentos maravilhosos e ajudarão a estabelecer nova sociedade política. Renascerá o Paraíso Terrestre, pleno de Luz e Amor. Então, através de meios e energias ora sequer supostos, o homem conhecerá os côncavo-convexos dimensionais da Terra, viajará as profundezas do Universo e não sentirá as canseiras do tempo. E, como sublime conquista da capacidade criadora humana, será posta em ação a máquina do Poder Absoluto, engenho que, entre muitos outros prodígios, dará à Humanidade a visão mais feliz e assombrosa de toda a sua história: a ressurreição dos mortos na faixa dos 4 xis".

Caso Antônio N.Tasca (parte.1)

Por Reinaldo Stabolito

Este interessante caso de abdução ocorreu em 14 de dezembro de 1983, com o então corretor de imóveis Antônio Nelso Tasca. Na época, Nelso Tasca tinha 42 anos e dirigia seu carro Brasília em direção à Chapecó (SC), quando se sentiu atraído para uma estrada de terra, "obedecendo a um comando estranho", segundo descreveu. Parando a alguns metros do asfalto, Nelso Tasca se viu adiante algo que à primeira vista parecia ser um ônibus de uma viação local, pois possuía as suas cores características: branco esverdeado. Mas logo notou que não podia ser, pois o objeto não possuía rodas, tinha o formato circular, com cerca de 10 supostas janelas e, ainda, se encontrava flutuando a uma altura de um metro.

Imediatamente Nelso Tasca saiu do carro e tentou se aproximar do aparelho para poder observá-lo melhor, mas teve de recuar em função das ondas de calor que o UFO irradiava. Subitamente, ao retornar para o seu carro, saiu uma espécie de esteira luminosa, com cerca de um metro de largura, do objeto. Essa esteira acabou "pegando" Tasca pelos pés e o conduzindo até a nave. Neste momento Tasca perde seus sentidos. Quando acorda, ele estava deitado com os braços e as pernas grudadas ao corpo em um ambiente que era extremamente gelado e escuro. "Fui assaltado pela pavorosa idéia de que estava enterrado vivo".

Neste momento, Nelso Tasca teve a impressão que duas ou três criaturas começaram a tocar em suas pernas e encostar algum tipo de instrumento fino. Como era um ambiente escuro, foi impossível para Nelso Tasca observar exatamente o que estava acontecendo e como eram essas criaturas. No entanto reparou que eles se comunicavam emitindo sons que pareciam grunhidos de cães. Depois de alguns instantes, Nelso Tasca, ainda paralisado, foi erguido pelos seres e conduzido para um outro compartimento da nave onde a temperatura era menos baixa. As criaturas saíram e, logo em seguida, o ambiente ficou claro.

O interessante é que não havia uma lâmpada emitindo luz. Era como se todos os locais daquele compartimento emitissem a luminosidade que clareava o ambiente. Tudo estava iluminado uniformemente – nada fazia sombra. O local era uma pequena sala de mais ou menos 3 metros de comprimento, 2,5 metros de largura e 2 metros de altura. Suas paredes eram feitas de uma espécie de metal. E foi só nesse momento que Nelso Tasca percebeu que estava nu. Notou que suas roupas estavam jogadas no piso e, imediatamente, ele as pegou para se vestir.

Subitamente surgiu uma mulher de uma entrada da sala. Ela era de estatura baixa, quase que uma anã (Nelso Tasca calculou que ela tinha uma altura próxima à um metro e vinte). Esta criatura estava vestida de uma saia e sapatilhas da cor anil. "Ela fixou-me o olhar com tal intensidade que tive a impressão de estar sendo invadido e devassado até às mais íntimas reentrâncias da alma". Através de uma suposta comunicação telepática, Nelso Tasca obteve algumas respostas sobre o que estava acontecendo. A alienígena informou se chamar Cabalá e que eram do mundo chamado de Agali. "Tenha calma, sou de paz e amor". Cabalá informou que estavam a 180 metros abaixo do nível do mar.

Naquele momento, uma música que tinha um timbre diferente de qualquer coisa começou a ser ouvida por Nelso Tasca. Ele a comparou a algo meio semelhante a violinos. De forma misteriosa, surgiu um painel cheio de botões, de onde Cabalá retirou dois frascos de líquidos que Nelso Tasca teve que beber. Logo em seguida, a alienígena ergueu o vestido e ficou nua numa espécie de divã que Nelso Tasca não sabe de onde surgiu. Tomado por intensos desejos sexuais, Nelso Tasca manteve relações sexuais com Cabalá. É importante ressaltar que Nelso Tasca não acredita que a extraterrestre tenha tido qualquer real prazer no ato sexual.

Após consumado a relação sexual, Cabalá transmitiu para Nelso Tasca uma mensagem e pediu para que ele divulgue para todas as pessoas do mundo. Cabalá também informou para Nelso Tasca que nasceriam dois filhos daquela união e que eles receberiam o nome de Mada e Madana. Logo em seguida, Cabalá se retirou da sala deixando Nelso Tasca sozinho.

O local ficou novamente escuro e Nelso Tasca pôde sentir que, pelo menos, três criaturas estariam lhe cutucando com algum tipo de aparelho fino. Segundo seus depoimentos, depois ele acordou deitado na grama próximo da BR 282 – cerca de cinco quilômetros de distância do local onde havia começado a sua experiência. Um detalhe bastante interessante neste caso é que há uma evidência física da abdução. Nas costas de Nelso Tasca apareceu um ferimento em forma de W que parece ter sido feito com um ferro em brasa. Porém Nelso Tasca jamais sentiu qualquer tipo de dor decorrente dele, mesmo que fosse apertado. Na época Nelso Tasca foi examinado por três médicos e ambos não conseguiram determinar o agente físico causador do ferimento. Apesar do tempo que passou desde que viveu essa experiência insólita, a marca permanece em suas costas até hoje. É claro que não tão saliente como na época em que ocorreu sua abdução.

Continua na 2ª Parte do Caso Antônio N.Tasca...

A Verdade Sobre a chegada do homem à Lua

video

(Traduzido do site www.moontruth.com)

Se você chegou a esta página porque acabou de ver uma parte surpreendente da gravação mostrando que a chegada da Apollo 11 na Lua foi feita em um estúdio, então continue lendo. Se você não viu o clipe, clique no link no fim da página, e se prepare para ficar assombrado.

No dia 20 de julho de 1969 às 4:17 p.m., Neil Armstrong foi visto na televisão por milhões de pessoas ao redor do mundo aparentemente caminhando na superfície da lua, e dando um gigantesco salto nas páginas da história. MAS, ELE REALMENTE FEZ ISSO? Teorias de conspiração abundam na Internet.

A parte da gravação que você acabou de ver responde a pergunta - mas traz muitas outras. Nós não sabemos as respostas pra todas estas perguntas - mas aqui está o que nós sabemos:

1) é real?
Sim. Esta gravação foi feita claramente em um estúdio, e tem a clara intenção de representar a chegada na Lua da Apollo 11. A atenção para os detalhes é cambaleante. A intenção é claramente a de enganar os espectadores para que acreditem que a gravação é genuína.

2) é conclusivo?
Não. Não há nenhuma prova de que porque essa gravação foi feita em um estúdio, a chegada à lua foi necessariamente uma falssificação. Mas nós sabemos que a gravação não-digital original foi destruída e que certas pessoas (perigosas) estão muito bravas com o fato desse clipe ter vazado.

3) como nós o conseguimos?
Nós não o obtivemos diretamente de uma fonte da NASA. Nossa fonte está bem colocada para atestar a autenticidade da gravação e teve ligações com os produtores de 2 recentes documentários, um para a BBC e um para a CNN sobre as conspirações envolvendo a chegada do homem à Lua. Nós não podemos revelar a identidade dele, e provavelmente nunca seremos capazes disso. A posição dele é mais perigosa do que você poderia imaginar.

4) por que eu não vi isto antes?
A gravação foi enterrada durante mais de 30 anos. Todos os originais, exceto essa parte, foram destruídos. Nós a temos há mais de 2 anos e naquele tempo entramos em contato (anonimamente) com quase todos os donos de grandes redes de televisão para vender os direitos. Sem exceção, eles estavam interessados e queriam comprá-la. Então, em um certo ponto, todos eles, sem exceção, mudaram de idéia e começaram a tentar descobrir quem nós éramos. Naquele ponto, nós deixamos de negociar com eles. Foi muito assustador.

5) como, quando e onde foi feito?
Foi feito em 1965, julgando pela câmera em que ela foi feita - uma Ikegami Tubo. Nós temos evidência de que a gravação foi feita fora do EUA - possivelmente na Europa, por uma equipe estrangeira.

6) quem está dentro da roupa espacial?
Nenhum dos astronautas originais. Na realidade, eles estão totalmente desavisados de que esta gravação foi feita. O sujeito na roupa espacial é um ator chamado Symond Lewis.

7) por que está na Internet e não na televisão?
Veja o ponto 4

8) Qual é a reação da Nasa a esta gravação?
Eles se recusaram a comentar. Mas nós ouvimos recentemente que eles estão aumentando os esforços em uma enorme campanha para convencer a todos nós que as aterrissagens de todas as Apollo aconteceram.


_________________________________


Nota do site Uma Nova Era: Recentemente no site Moontruth.com foram adicionadas novas páginas afirmando que esse vídeo foi produzido pela The Viral Factory e que tudo não passou de uma brincadeira. Nessas novas páginas são apresentados 3 novos vídeos e uma frase, "Sorry Mr Gorsky" (Sinto muito Sr. Gorsky) que pode ser ouvida no "vídeo original", como prova de que ele é falso.

Mas se eles fizeram mesmo o filme porque não mostram a continuação? Nem que fossem alguns segundos antes ou depois. Tudo o que fizeram foi mostrar outros vídeos semelhantes ao original, algo que poderia ser feito muito facilmente com a tecnologia disponível hoje. E é no mínimo estranho que o suposto roteirista e diretor do vídeo tenha morrido 3 meses após as filmagens "de uma severa reação alérgica a algo que ele comeu".

Eles também afirmam que usaram nas filmagens uma Ikegami Tube Camera original dos anos 60!!! Se hoje pode ser feito um vídeo tão semelhante (para não dizer idêntico) ao que foi mostrado ao mundo em 69 com uma câmera da época, então o que impediria a NASA de ter feito o mesmo?

Juntando isso ao FATO de que as supostas imagens dos astronautas caminhando na Lua apresentam diferenças não só no tamanho mas principalmente na direção das sombras (o que prova que havia uma segunda fonte de luz), não resta dúvidas de que as imagens que a NASA exibiu ao mundo em 1969 foram feitas em um estúdio.

“Por que não aparecemos de uma vez”

Christina Nunes, escritora convidada
Nota do editor: Este texto foi transmitido à autora por Kelfro

Há uma pergunta que reverbera para todo o lado do vosso mundo como um eco insistente. Tentarei respondê-la, ao menos para alguns, explicando algumas das razões pelas quais não aparecemos de uma vez. A vossa arte cinematográfica já fez coisas ilustrativas dessa questão, e a mediadora desta mensagem possui um vínculo antigo com determinado mundo extrafísico, voltado exclusivamente à oitava artística da criação, sendo-nos bastante propícia a transmissão desta mensagem, porque é de lá a nossa procedência.

Disse um personagem da película que ninguém levou a sério a história, menos os próprios extraterrenos. Ou seja, menos nós! O humor artístico é uma ferramenta poderosa de retransmissão de determinadas idéias, precisadas, com urgência, de penetração nas consciências desse mundo, à beira de um mergulho nas realidades mais vastas da vida. Com efeito, na arte da mesma película vem preciosa explicação: “A única forma de essa gente terrena continuar contente, é permanecendo sem saber da presença extraterrena”. Porque assim se acham no controle. Pensam que sabem de tudo, pelo menos daquilo que necessitam saber. E arremata o personagem, após seu amigo ver um ET: “Houve um tempo em que se pensava que a Terra era o centro do universo, e há meia hora atrás, você se acreditava sozinho nele. Que dirá das suas certezas daqui a 20 anos?”

As reações humanas de massa se assemelham muito às das vossas crianças, que com freqüência não sabem fazer diferente, perante o novo, senão chorar e emergir em temor. Vossa população mal tolera as diferenças entre os seus iguais. Lidam com dificuldade, com meras dessemelhanças entre seres que evoluem num mesmo mundo, espantam-se, irritam-se, oprimem, superestimam-se em detrimento dos demais. Uma raça se julga superior à outra por reações egoístas, que a eternidade implacável há de provar-vos, mais uma vez, representarem menos do que pó, na duração do infinito. Então, tendo em conta este perfil adverso, perguntamo-vos com qual utilidade nos apresentaríamos de uma vez, provindos de outras realidades do universo, se mal vos arranjastes, apenas entre vós, após o vasto período decorrido no vosso trajeto evolutivo, com a vossa multiplicidade de circunstâncias transbordando de apuros mal solucionados?

Atividades de bastidor

Assim como a película de que falamos, a vós ainda impressiona o espetáculo que ofusca e empolga, no nível da curiosidade e do mero entretenimento, mas que pouco conta, na hora da solução das vossas necessidades, de um trabalho de bastidor. Tal trabalho mantém-se imune às interferências indesejáveis de ataques dos vossos poderes estabelecidos, imune ao pânico irrefletido das massas e ao alvoroço inconveniente, incidindo com utilidade no momento crítico, quando urge estancar com precisão os efeitos tenebrosos, provocados pelas brechas graves que produzistes ao tratar o vosso mundo, comprometendo a qualidade da vida de toda a vossa população. Acaso não tendes a mínima noção das vossas próprias prioridades?

Acaso sois cegos para a cratera vertiginosa que se escancara aos vossos pés, e às vossas custas, e para a qual sois empurrados irrefreavelmente em decorrência da cegueira com a qual foram, por séculos, praticadas as incúrias contra a manutenção da vossa própria sobrevivência? Acaso sois cegos? Não são indícios suficientes para vós o que vem ocorrendo no organismo vivo da Terra, que reage às agressões do mesmo modo como o vosso próprio organismo reage ao vosso eventual desleixo para com a vossa própria saúde?! Ciclones, tempestades, furacões, tornados, maremotos, secas, incêndios; de soma com guerras, com a exaltação selvagem do ódio humano, desencadeado pelo contágio das energias densas e furiosas que assediam o íntimo dos seres em todos os cantos do planeta? Acaso não são indícios? Acaso sois cegos?

Se observardes atentamente a vossa arte cinematográfica, podereis alcançar algo do que pretendemos realizar nas nossas iniciativas. Aquilo a que nos propomos, a atividade de bastidor, neste momento, se faz de longe mais eficaz e mais importante do que qualquer confirmação espetaculosa, dessas que nos solicitam aqueles de vós que não compreendem direito a nossa função. Assim como na produção do filme, naquele produto final retumbante de efeitos e de conteúdo fascinante aos vossos sentidos, existe, por trás dele, todo um aglomerado de centenas de indivíduos para a sua consecução. Assim, também, para a arte final da fita da vida atingir os nobres e elevados fins, há de se interferir na ação de legiões incansáveis de obreiros, não só da vossa dimensão, para os quais a obra tem sido titânica, mas daqueles que de fora do alcance dos holofotes agem com arte nos bastidores dos vossos sentidos, no esforço de assegurar que o trabalho em prol da evolução da vida na Terra não tenha sido em vão.

Blog da Nova Era também no AR novamente!!!!


www.humanidade2012.blogspot.com <-------- acesse já!!!! Ou vá até o Menu no lado direito do blog e clique no link "Conheça o Mundo". São várias matérias envolvendo nosso modo de viver, pensar e agir. Mostrando que tudo o que vemos não é realmente tudo que pensamos que é, e sim, muitas coisas estão escondidas, ocultadas da sociedade por algum motivo. E qual seria este motivo para amedrontar tanto assim? Uma Nova Era espera por você....

Estamos aqui novamente!!!

PESSOAL!! DEPOIS DE MUITOS PROBLEMAS NO SERVIDOR BLOGGER, AGORA O BLOG VOLTOU PARA CONTINUAR DIVULGANDO AS PESQUISAS, MATÉRIAS E FATOS QUE ACONTECEM NO PLANETA!!!....E FORA DELE....!!!

UM GRANDE ABRAÇO!

MUITA PAZ E LUZ PARA TODOS!!!!